quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Trabalho de reposição - Matutino


Senhores alunos.

Estudar a:
e

e postar relatório.

29 comentários:

carlamaik2007@yahoo.com.br disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Igor Alfa disse...

Igor Luiz N. da Silva
Planejamento e Controle da Produção
3° semestre - matutino
Prontuário:0745707

Análise do simulador de transformações termodinâmicas:

Observando-se o simulador interativo,pode-se constatar a relação existente entre os fatores envolvidos.
Partindo de um sistema onde podemos "alterar" a massa, temperatura e pressão existente no mesmo e utilizando-se de um "gás ideal"(comportamento que o gás assume sob determinada pressão e temperatura, fanzendo-o não passar para o estado líquido)contido num cilindro(êmbulo), as seguintes relações podem ser elucidadas:

Sendo as variáveis envolvidas Pressão(P),Temperatura(T)e Massa,temos:

* A medida que fornecemos mais calor ao sistema a velocidade das partículas aumenta e, como conseqüência, aumenta-se a temperatura. O aumento da pressão pode ser justificado levando-se em conta que as partículas agitam-se cada vez mais, exercendo maior força nas paredes interiores do cilindro.

Em esquema:

calor(transfere energia para)- cilindro (que por sua vez transfere energia para) - partículas (que se agitam cada vez mais rápido, esbarando na superfície do cilindro e aumentando, assim, a pressão)

* Com pressão e temperatura constantes, se alterarmos a massa do gás, o volume também se altera.
Aumentando-se a massa o volume aumenta;
Diminuíndo-se amassa o volume diminui.
Esta é uma relação proporcional.

* Se a temperatura for constante; aumentando-se a pressão, o volume diminui e aumentando-se o volume a pressão diminui.
Esta é uma relação onde os fatores envolvidos são inversamente proporcionais.

* Com pressão constante:

- Alterando-se o volume, a temperatura aumenta econsideralvelmente (a velocidade das partículas aumenta).
- Diminuíndo-se o volume a temperatura cai.

Nota-se de forma curiosa que, aumentando-se a massa, a temperatura também aumenta.

--------------- + + ---------------
LEI DE BOYLE-MARIOTTE:
Temperatura constante

Pode-se observar também, no simulador de pressão, a exitência da relação intitulada como Lei de Boyle.
Segundo a lei, o resultada da pressão pelo volume tem de ser compensado pelo aumento da pressão.
Verifica-se facilmente no simulador de transformações termodinâmicas que quando o volume diminui por causa do eixo a pressão aumenta pois as partículas tem que se movimentar com mesma velocidade (por causa da temperatura constante) em um espaço menor.

LEI DE GAY-LUSSAC:
Pressão constante

A medida que a temperatura aumenta, o volume também aumenta. observa-se claramente pelo fato que as partículas do gás se distanciam mais e mais umas das outras e, consequentemente, aumenta o espaço que ocupa. Portanto o volume é resultado da movimentação das moléculas e como conseqüencia dessa movintação, temos o aumento da temperatura.

-------------- + + ---------------

Conclui-se com a observações de que estes fatores atuam numa relação de interdependência. À medida que um fator varia, o sistema sofre alterações levando os demais fatores a responderem por determinados acontecimentos no sistema.

milka goes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
janes disse...

Centro Federal de Tecnologia de São Paulo (CEFET-SP)

Nome: Janes Ferreira Dos Reis De Oliveira Turma: R3 Prontuário: 0743976

Lei de Gay Lussac

Relatório: para uma dada massa de gás a volume constante a pressão exercida pelo gás diretamente proporcional a temperatura absoluta acarreta um aumento da pressão exercida pelo gás.Relação evolumetrica e isobárica


Lei Boyle

Em temperatura constante a pressão e o volume de gás são proporcionais por inversamente entende que quando a pressão aumenta o volume decresce na mesma proporção e vise-versa.


Postagem Original

http://groups.google.com/group/simulador_termodinamica/web/janes-pronturio-0743976-pcp-r3-matutino

Lan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roxana Ribeiro disse...

Lei de Boyle

A medida em que a pressão do cilindro aumenta diminiu o volume e vice-versa sendo assim proporcionais, esse esquema permanece constante e não ocorrem variações na temperatura pois a mesma se mantém constante,independente das variações da pressão e do volume.Observamos também que um dos fatos da não variação de temperatura é porque a chama que aquece o cilindro se encontra apagada.


Lei de Gay-Lussac

A temperatura aumenta proporcionalmente com o volume, no entanto a temperatura varia de acordo com a chama acesa que está aquecendo o cilindro, para que ocorra aumento do volume a pressão deve permanecer constante ocorrendo apenas as variações de temperatura.

Flávia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
francislene disse...

Nome: Francislene Prontuário: 746045
Turma: PCP - R3



Lei de Boyle

Quando a temperatura de um gás permanece contante o volume é inversamente proporcional a pressão, ou seja, se eu tenho um aumento de pressão eu terei uma diminuição do volume e, se eu tenho um aumento de volume terei uma diminuição na pressão proporcionalmente.


Lei de Gay Lussac

Quando à volume constante, a pressão do gás é diretamente proporcional à temperatura e quando à pressão constante, o volume do gás é diretamente proporcional à temperatura.
O volume aumenta por consequência da agitação de moléculas devido a troca de energia.

Flávia disse...

Flávia Carvalho de Oliveira - 0743917 - Planejmaneto e Controle da Produção

Análise dos simuladores

Gay- Lussac

Ao observar o simulador e levando em consideração que contém gás ideal e onde a massa não pode ser alterada por não haver possibilidade do gás ser retirado, observa-se que, sendo a pressão constante, a temperatura é diretamente proporcional ao volume, o que condiz com a lei de Gay-Lussac que diz: “sob pressão constante, a temperatura de uma quantidade constante de gás aumenta proporcionalmente com seu volume”.

Ao cedermos calor para o sistema observamos que as moléculas agitam-se proporcionalmente havendo uma expansão volumétrica, ao retiramos o mesmo acontece inversamente.

Essa lei é expressa da seguinte maneira: P.K= T

P é a pressão do gás.
T é a temperatura do gás (en kelvins).
k é uma constante.


Boyle – Mariotte

Sob as mesmas condições do outro simulador, porém, agora, sob temperatua constante, observa-se que a pressão e o volume são inversamente proporcionais.
"Sob temperatura constante,a pressão e o volume de uma massa gasosa é constante, sendo, portanto, inversamente proporcionais. Qualquer aumento de pressão produz uma diminuição de volume e qualquer aumento de volume produz uma diminuição de pressão."

Essa lei pode ser expressa da seguinte maneira:

P1.V1= P2.V2
P1 e P2 são as pressões inicial e final, respecivamente
V1 e V2 são os volumes inicial e final

Observa-se portanto que as duas leis; Lei de Boyle e de Lussac, são leis que se complementam, embora tenham sido formuladas em épocas diferentes, e respectivamente pareçam ser diferentes, não são.
Os autores, as formularam sob dois pontos de vista, levando em consideração um a temperatura e outro a pressão constante, mas facilmente entende-se a complementação de uma lei a outra.

Lan disse...

Nome: Alan Alves Pereira Pront. 0744182 Turma: PCP R3


Lei de Boyle

Se um gás é mantido em temperatura constante seu volume é inversamente proporcional ou seja, Se aumentarmos a pressão produzira uma diminuição de volume e qualquer aumento de volme produzira uma diminuição de preção.Sendo assim quando o volume aumenta a pressão diminui ou vice-versa

Gás Ideal.

È considerado um gás ideal quando o volume disponivel para cada molécula é igual ao volume do recipiente onde o gás se encontra

Gay Lussac

Se colocarmos em um determinado recipiente um gás ideal, e aquecermos, sua pressão continuara constante mas a medida que a temperatura aumenta, o volume aumenta proporcionalmente segundo Gay Lussac

Camila disse...

Lei de Boyle
Em 1657 Boyle começou a pensar em construir um instrumento que conseguisse produzir vácuo. Com a ajuda do seu assistente Robert Hooke, 1660 formularam uma bomba pneumática, com a qual foi capaz de analisar novos experimentos em relação a elasticidade do ar e de seus efeitos. Com essa nova bomba Boyle conseguiu demostrar que a suspensão da coluna de mercúrio no tubo barométrico, era devido à pressão atmosférica; que o som era impossível no vácuo; que o ar era indispensável para vida e para a combustão e ainda era caracterizado por uma permanente elasticidade. Após estudar apropriadamente essa característica do ar, Boyle pôde determinar a relação que existe entre o volume a pressão de um gás mantendo-se a temperatura constante, formando assim a Lei de Boyle que comprova que o volume de uma amostra de gás é inversamente proporcional à sua pressão, se a temperatura se mantiver constante.


Lei de Gay-Lussac
Em 1802,Gay-Lussac estava fazendo algumas investigações sobre o fenômeno da expansão dos gases,e descobriu que, "sob pressão constante o volume do gás é diretamente proporcional à sua temperatura absoluta ". Isso quer dizer que com a pressão constante o volume irá aumentar proporcionalmente a temperatura.

Camila disse...

Professor meu dados
Nome: Camila Cordeiro Turma:R3 manhã Pront: 0743925

Alex chagas disse...

Nome:Alexis Chagas Barrioso
Prontuário: 0744034
Turma: P.C.P
R3

Lei de Boyle:
Temperatura constante

Pode se identificas a presença da Lei de Boyle no simulador,pois segundo a lei quando se trata de uma temperatura constante seu volume é inversamente proporcional,ou seja quando ha um aumento de pressão o volume diminui,e no simulador facilmente se percebe isso,quando o eixo abaixa diminuindo o volume,logo a pressão se eleva.

Lei de Gay Lussac:
Pressão constante

Através da lei, o volume e a temperatura tem um aumento proporcional ou seja a medida que a temperatura aumenta o volume tambem aumenta,e no simulador percebe isso ,quando apartir que as particulas de gás se afastam umas das outras causando um aumento no volume a temperatura tambem sobe.

ADAILTON PEREIRA CRUZ disse...

Nome:Adailton Pereira Cruz
Prontuario:0745766
Turma; PCP - R3

LEI DE BOYLE

Observando o simulador :

Para uma determinada massa de gàs o volume é igual a pressão exercida pelo gás e diretamente proporcional esse fenomeno da termo dinamica permanece constante não tendo nunhum tipo de variação na temperatura independente das variações da pressão ou volume .
Ainda mais um dos motivos da temperatura não variar e que quando o calor encontra o cilindro ou resipiente ele esta apagado é um dos motivos para q a pressão seja sempre iqual .

LEY DE GAY LUSAC

A temperatura aumenta proporcionalmente com o volume ,mas a diferença entre a lei de boyle e que a temperatura varia de acordo com a chama acesa na outra ficava apagada aquecendo o cilindro ou recipiente para que ocorra o almento do volume .
A pressão que se mantem constante ocorrendo apenas a variaçao na temperatura .

keler C. Silva disse...

Nome: Keler C.da Silva
Pront.: 0746142
Turma: PCP-R3

Observando o simulador da Lei de Boyle podemos ver que o volume de um gás é inversamente proporcional a sua pressão,a massa do gás no interior do cilindro permanece constante, e uma força externa exerce o trabalho, aumentando o peso sobre o pistão assim quando o volume diminui a pressão aumenta e a temperatura é uma constante.

Lei de Gay Lussac
A temperatura oscila e a pressão é constante,assim conforme oferecemos mais calor a velocidade das particulas do gás aumenta, proporcionando maior volume no cilindro.Esse procedimento é diretamente proporcional.

Luciano disse...

Nome: Luciano de Souza, Prontuário: 0744018
Turma: PCP - R3.

Lei de Boyle

Segundo o site stefanelli.eng.br (Lei de Boyle-Mariote).
Podemos observar que independentemente da pressão exercida no interior do cilindro a temperatura continuara constante. Assim, para que o produto da pressão pelo volume permaneça constante é necessário que a diminuição do volume seja compensado pelo aumento da pressão.

Lei de Lusac.

Totalmente inverso a teoria de Boyle, Gay-Lusac completou que quando á uma variação de temperatura e não ha entrada ou saída no cilindro a pressão é constante. O aumento do volume é conseqüência do aumento da agitação das moléculas do gás devido à transferência de energia.

Kenny disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kenny disse...

_______________________

Kenny Nunes da Silva
Pront.: 0744093
Turma: PCP - R3
_______________________

A Lei dos gases a uma série de relação entre temperatura, pressão e volume.

A equação que descreve normalmente a relação entre pressão, volume , temperatura e a quantidade (em moles) de um gás ideal é:

pV = n.R.T

onde:

p = pressão do gás.
V = volume do gás.
n= quantidade de matéria no gás (número de moles).
R = constante dos gases.
T = temperatura termodinâmica do gás (em Kelvin).

Essa equação de estado define o gás ideal.

LEI DE BOYLE-MARIOTTE :

Suponha que uma determinada massa gasosa contida em um recipiente de volume é submetida à pressão, esta pressão é devido aos choques das moléculas do gás contra as paredes do recipiente. Se diminuirmos o volume, a freqüência de choques aumenta e, portanto, a pressão também aumenta, durante o processo mantivermos a temperatura constante, pode-se verificar que a pressão varia de uma forma inversamente proporcional ao volume.
Podemos concluir então que a temperatura é constante o volume está relacionado com a pressão, se aumentarmos a pressão o volume diminui, se diminuirmos a pressão o volume aumenta.

LEI DE GAY-LUSSAC:

Suponha que uma determinada massa gasosa está contida em um cilindro provido de um êmbolo móvel, sujeito a uma pressão constante exercida pela atmosfera. Com o aquecimento do sistema, as moléculas do gás se agitam mais rapidamente, aumentando o número de choque contra as paredes do recipiente, deslocando o êmbolo móvel para cima até que haja um equilíbrio entre a pressão interna e a externa. Desta maneira, à medida que aumentamos a temperatura do gás, ocorre aumento do volume por ele ocupado no cilindro, enquanto a pressão permanece constante, o volume ocupado por uma dada massa gasosa é diretamente proporcional à temperatura.
Podemos concluir então que a pressão é constante o volume está relacionado com a temperatura, o volume aumenta quando a temperatura aumenta.

Bruna H. Parra disse...

Bruna Henrique Parra
PCP R3 - matutino
Prontuário: 074390-9

Lei de Boyle: "O volume de um gás à temperatura constante varia inversamente a pressão".

*Gás ideal: diz respeito a um gás à temperatura alta o suficiente e à pressão baixa o bastante para que não se condense e se torne líquido. Para realizar cálculos com este tipo de gás, utiliza-se a fórmula: P1.V1=P2.V2

P1 e P2 => Pressão inicial e final
V1 e V2 => Volume inicial e final

Lei de Gay-Lussac: "O volume de um gás à pressão constante varia diretamente proporcional à temperatura".

Fórmula: P.V=n.R.T

Adailton Lima disse...

Nome:Adailton Lima Prontuário - 0743488 Turma: PCP-R3
adaiton-lima2007@ig.com.br

LEI DE BOYLE-MARIOTTE.

Na na minha opinião no simulador de transformação, acontece uma grande experiência entre, o volume e a pressão, quando se comprime o volume entre a pressão as particulas se agitam em grande velocidade aumentando a energia cinética, há um aumento de temperatura que gera pressão.
Observa-se também quando aumenta a massa em cima do pistão o volume diminui e a pressão aumenta
proporcionalmente.

Lei de gay Lusac.

Quando observado o simulador verifica-se a seguinte experiência:
Quando há um aumento de temperatuara há também um aumento de volume devido a agitação das moléculas do gás.
Observa-se que não entrada ou saida de gás no interior do cilindro.
Na tranformação em temperatura constante quando há uma diminuição do volume a pressão aumenta proporcionalmente.

Deivid disse...

Nome: Deivid Meneses da Rocha Prontuário: 0743941 R3 Manhã

Lei de Boyle segundo a simulação:

Quando a pressão do cilindro a menta o volume do mesmo diminui ou seja são inversamente proporcionais na simulação a temperatura continua a mesma independente da pressão e do volume em virtude da chama estar apagada.

Lei de Gay - Lussac segundo o simulador:

Quando o volume aumenta também a temperatura sendo assim diretamente proporcionais ono qual de acordo a temperatura só muda de acordo com a chama acesa para que mude o volume e a pressão não muda.

simulador de pressão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
simulador de pressão disse...

Nome: Carla F. da Silva Prontuário: 074627- 4 Turma: PCP – R3.


Observação: Definição para Gás Ideal.

Definimos como Gás Ideal o comportamento que o gás assume sob determinada pressão e temperatura, fazendo-o não passar para o estado líquido, ou seja;

"Um gás à temperatura alta o suficiente e à pressão baixa o bastante para que não se condense e se torne líquido."

Para o cálculo do Gás Ideal utilizamos a seguinte equação:

P.V = n. R.T onde;

P = Pressão;

V = Volume;

n = Número de moles;

T = Temperatura.

R = Contante Universal dos Gáses.

Relatório: Lei de Boyle.

De acordo com a “Lei de Boyle” ao mantermos a temperatura constante, conseqüentemente o produto entre a pressão exercida no gás e o volume do mesmo deve ser constante, uma vez que a pressão é inversamente proporcional ao volume, por exemplo, quando aumentamos a pressão o volume diminuirá visto que desta maneira o produto entre eles permanecerá constante assim como a temperatura.

Relatório: Lei de Gay Lusac.

Ao consideramos um recipiente contendo gás ideal, sendo que a quantidade de gás, não varia, ao fornecermos calor para o sistema ocorrerá conseqüentemente um aumento no grau de agitação das moléculas. Conforme aumentamos o calor, ou seja, a temperatura, o volume do gás se expandirá (aumentará).
A pressão é diretamente proporcional á temperatura do gás ideal de acordo com as afirmações de Gay Lusac.

"Postagem Original"

http://groups.google.com/group/simulador_termodinamica/web/carla-f-da-silva-074627-4

Cari Stela disse...

comeaTrabalho de Termodinamica
Cari
pront: 0743992

lei de Gay
1 Em um cilindro te uma determinada volume e suas moléculas começam a se movimentar constantemente sem qualquer pressão ao temperatura aos quais elas estão contantes.
2 quando a massa dentro do cilindro sofre uma certa compressão ,a pressão aumenta e a temperatura é a mesma porque não houve nenhum aquecimento.

Lei de Boyle

se tem uma cilindro e dentro deste colocamos uma certa quantidade de massa e acendemos um fogo, e percebemos que teve uma certa mudanças de temperatura assim as moléculas la dentro elas começam a se agitar mas constatamos que com a mudançade temperatura a sua pressaõ é a mesma.

milka goes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
milka goes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
milka goes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jucielson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jucielson disse...

Nome: Jucielson Sousa.

Planejamento e Controle de Produção - R3. Matutino.


Relatório


Lei de Boyle (Isotérmica).


Uma certa massa de gás a temperatura constante o volume ocupado pelo gás, é inversamente proporcional a pressão exercida.

Um aumento na pressão do volume ocupado pelo gás, de maneira que o produto entre essa grandezas seja constante.

Ou Seja: P.V = K.


Lei de Gay Lusac (Isobárica).

Uma dada massa de gás a pressão constante ocupado, pelo gás é diretamente proporcional a temperatura absoluta.

Um aumento da temperatura absoluta gera um aumento do volume ocupado pelo gás de maneira que o qüociente seja constante.


Ou Seja: V/T = K.

"Postagem Original"

http://groups.google.com/group/simulador_termodinamica/web/jucielson-sousa-pcp---r3-matutino